segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

A parábola do cartaz sanduíche



Eu sou a voz do que clama no deserto: “Endireitai o caminho do Senhor”. 
João 1:23

Os rostos dos três homens estavam sérios quando o prefeito os informou sobre a catástrofe. “As chuvas destruíram a ponte. Durante a noite muitos carros foram para o precipício e caíram no rio”.

“O que nós podemos fazer?” um deles perguntou.

“Vocês precisam ficar ao lado da estrada e avisar aos motoristas para não virarem à esquerda. Digam a eles para pegarem a estrada estreita que segue ao lado do rio”.

“Mas eles dirigem muito rápido! Como podemos avisá-los?”

domingo, 27 de fevereiro de 2011

Um buquê de louvor

27 de fevereiro de 2011

Um buquê de louvor

Anne Cetas
1 Pedro 4:7-11
…para que, em todas as coisas, seja Deus glorificado, por meio de Jesus Cristo… —1 Pedro 4:11
Números 17–19
Marcos 6:30-56
Corrie ten Boom (1892–1983) sobreviveu aos campos de concentração durante a Segunda Guerra Mundial e se tornou uma palestrante cristã conhecida mundialmente. Milhares de pessoas assistiam suas reuniões, nas quais ela contava como tinha aprendido a perdoar os que a capturaram, da mesma maneira como Cristo havia perdoado os seus pecados.
Após cada reunião, as pessoas a cercavam e abraçavam-na por suas qualidades cristãs e agradeciam-lhe por encorajá-las no seu caminho com o Senhor. Corrie contou que ao retornar ao seu quarto de hotel, ajoelhava-se e entregava aqueles elogios em agradecimento a Deus. Ela dizia que isto significava dar a Deus “um buquê de louvor”.
O Senhor deu a cada um de nós dons para serem usados para ministrar uns aos outros. (1 Pedro 4:10) para que “…em todas as coisas, seja Deus glorificado, por meio de Jesus Cristo, a quem pertence a glória e o domínio pelos séculos dos séculos…” (v.11). Nada temos a oferecer aos outros que não tenhamos recebido do Senhor (1 Coríntios 4:7), portanto a glória pertence a Ele.
Para aprendermos humildade, poderíamos, talvez, seguir o exemplo de Corrie. Quando recebermos um elogio por algo que tenhamos dito ou feito, vamos, secretamente, dar um buquê de louvor a Deus pela glória que somente Ele merece.
O louvor é a flor mais justa que brota da alma.

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Paul Washer - Isso é Guerra




"Finalmente, fortaleçam-se no Senhor e no seu forte poder.
Vistam toda a armadura de Deus, para poderem ficar firmes contra as ciladas do diabo,
pois a nossa luta não é contra pessoas, mas contra os poderes e autoridades, contra os dominadores deste mundo de trevas, contra as forças espirituais do mal nas regiões celestiais.
Por isso, vistam toda a armadura de Deus, para que possam resistir no dia mau e permanecer inabaláveis, depois de terem feito tudo.
Assim, mantenham-se firmes, cingindo-se com o cinto da verdade, vestindo a couraça da justiça
e tendo os pés calçados com a prontidão do evangelho da paz.
Além disso, usem o escudo da fé, com o qual vocês poderão apagar todas as setas inflamadas do Maligno.
Usem o capacete da salvação e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus.
Orem no Espírito em todas as ocasiões, com toda oração e súplica; tendo isso em mente, estejam atentos e perseverem na oração por todos os santos."

Efésios 6:10-18.

Em Cristo, 
Vitor & Jackeline.


A Lição - Oficina G3





Você nos ensinou sobre o amor
Nos mostrou como sermos irmãos
Mas as histórias continuam as mesmas
Parece que não aprendemos a lição


terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

O Evangelho em 6 minutos - Pr. John Piper


Somos fortalecidos por Deus através do Evangelho diariamente, até o dia em que morrermos.Você nunca diminuirá a necessidade de pregar o Evangelho para si mesmo!
Se não conseguir visualizar clique aqui.

Maior Compaixão

22 de fevereiro de 2011


Bill Crowder

Isaías 49:13-18
Acaso pode uma mulher esquecer-se do filho […]? Mas ainda que esta viesse a se esquecer dele, eu, todavia, não me esquecerei de ti. —Isaías 49:15
Conheci minha esposa, Marlene, na faculdade. Eu estava me formando pastor, e ela estava estudando para se tornar professora no Ensino Infantil e Fundamental. A primeira vez que a vi trabalhando com crianças, percebi como isso era natural para ela, pois amava crianças. Isso tornou-se mais óbvio quando nos casamos e tivemos nossos filhos. Vê-la com eles foi um aprendizado de amor e aceitação incondicionais. Ficou claro para mim que nada no mundo se compara ao amor carinhoso e a compaixão de uma mãe por seu filho recém-nascido.
Fatos assim tornam o livro de Isaías 49:15 tão notável. Foi aqui que Deus disse ao Seu povo, que se sentia desamparado e esquecido (v.14), que Sua compaixão era bem maior que a de uma mãe: “Acaso pode uma mulher esquecer-se do filho que ainda mama, de sorte que não se compadeça do filho do seu ventre? Mas ainda que esta viesse a se esquecer dele, eu, todavia, não me esquecerei de ti.”
Às vezes, passamos por lutas na vida, e somos propensos a pensar que Deus esqueceu-se de nós. Podemos até crer que Ele deixou de nos amar. Contudo, o amor de Deus por nós é tão amplo quanto os braços abertos de Cristo na cruz. E a compaixão amorosa de nosso Pai celestial é mais confiável e mais duradoura do que o amor de uma mãe com o seu filho que amamenta.
Console-se — o amor de Deus nunca falha!


segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

John Piper - Não Desperdice seu Púlpito



A melhor maneira de desperdiçar seu púlpito é pregar seus próprios pensamentos ao invés de pregar os pensamentos de Deus. 

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Deus Existe - Comercial da Macedônia (Albert Einstein) LEGENDADO




Se não conseguir visualizar clique aqui

Não conhecemos o Evangelho de Jesus Cristo.






Precisamos entender que o cristianismo nunca será amigo deste mundo. O cristianismo sustenta o único caminho de salvação para este mundo. Eles nunca serão amigos. O cristianismo nunca irá cumprir as exigências do mundo.

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Tantas Doutrinas...



               Cada um faz o que acha ser certo. No entanto não seria mais fácil e garantido perguntar a Deus o que é certo e como deve ser feito?
           
            Talvez nos falte humildade de perguntar a Deus se a adoração que oferecemos lhe tem agradado... Nosso livre acesso a Deus nos permite isso! Como é bom vencer a imperfeição humana através da humildade de perguntar ao Pai o que devemos fazer.  
           

Calor e santidade


15 de fevereiro de 2011

Calor e santidade

Julie Ackerman Link
Isaías 43:1-13
…quando passares pelo fogo, não te queimarás… —Isaías 43:2
Levítico 17–18
Mateus 27:27-50
Por que está demorando tanto para secar meus cabelos? questionei. Como sempre, estava com pressa, e não queria sair no vento frio com cabelos molhados. Então percebi o problema. Eu tinha mudado a regulagem do secador de cabelos para “morno” em vez de “quente” para atender as preferências de minha sobrinha.
Muitas vezes, eu gostaria de poder controlar as condições da vida com a mesma facilidade que posso mudar a regulagem do meu secador de cabelos. Eu escolheria uma regulagem confortável — não muito quente, nem muito fria. Certamente não escolheria o calor da adversidade ou o fogo da aflição. Mas no reino espiritual, o morno não resolve, não é suficiente. Somos chamados à santidade, e santidade geralmente envolve calor. Ser santo significa ser separado para Deus — separado de qualquer coisa suja ou impura. Para nos refinar e purificar, Deus às vezes usa a fornalha da aflição. O profeta Isaías disse: “…quando passares pelo fogo, não te queimarás…” (Isaías 43:2); ele não disse se passares. E o apóstolo Pedro afirma que não deveríamos nos surpreender com as provações (1 Pedro 4:12).
Nenhum de nós sabe quando seremos chamados para andar pelo fogo ou qual será o calor da fornalha. No entanto, sabemos que o propósito de Deus para as chamas é a nossa purificação, não para nos destruir.
A única maneira de Deus apressar a santidade é aumentando o calor.


domingo, 13 de fevereiro de 2011

Documentário C.S Lewis





Durante os anos de guerra, Lewis gravou uma serie de programas de rádio para a Nação. Tristemente, por causa do esforço da guerra, foram reciclados a maioria dos carretéis auditivos. E o mundo perdeu um capítulo da herança de um homem para sempre.
Mas um sobreviveu. 


Tradução: Murillo
Legendas: Victtorhugo
Musica: C.S Lewis Song - Brooke Fraser

Se não conseguir ver acima clique aqui

Em Cristo, 
Jackeline.


Pastor da Flórida promove campanha para memorização das Escrituras



De maneiras bem alternativas, o pastor da Igreja Batista Grace (localizada na Flórida, Estados Unidos), Tim Bristar, propôs o desafio de memorizar as Escrituras. Logo no seu primeiro apelo, 4 mil pessoas participaram. Destes milhares, muitas pessoas desejaram repetir o feito. No início deste ano, encorajado pela primeira iniciativa, começou um projeto chamado P2R (Partnering to Remember – Parcerias para Recordar), que promete gerar esperança quanto ao “aprofundamento na palavra de Deus” na vida de cada cristão participante. Objetivo? Memorizar todo o livro de Filipenses até o Domingo de Páscoa.

sábado, 12 de fevereiro de 2011

Ouvindo a voz do Espírito Santo.



           Hoje, como a maioria dos dias, acordei e fui buscar a presença de Deus, confessar meus pecados, agradecer pelo dia, pela vida, por tudo que Ele tem nos dado, interceder por pessoas amadas e como todo filho mimado pedir, pedir por saúde, pelo emprego, para que eu de testemunho, para que, com a ajuda do Santo Espírito Santo de Deus, Ele me capacite, me torne apto a ser chamado seu filho. Após pedir para que Ele fale comigo abri a bíblia em duas passagens uma em Oséias 6 e a outra em Atos 9.
            Fala sobre a nossa busca que é pequena e breve (Oséias 6:4):

“Porque o vosso amor é como a nuvem da manhã e como o orvalho da madrugada, que cedo passa”.

Jesus de Trezentos Anos...


Numa gincana Bíblica perguntaram: Com quantos anos Jesus iniciou o seu ministério?
Uma jovem, batizada a algum tempo, depois de pensar muito respondeu ... 

Eu quero ser Igreja e não membro de uma instituição.

Quem tem o hábito de ler meus artigos sabe que existem algumas coisas na igreja evangélica brasileira que me incomodam. Existem assuntos que realmente me tiram do eixo. O maior deles é quando vejo certos irmãos defendendo mais a sua igreja, e seu pastor, do que o próprio Reino. Infelizmente hoje, muitas pessoas pensam que Reino de Deus e a sua denominação é a mesma coisa. Grande engano!
Nós chegamos a um ponto onde irmãos da mesma fé trocam acusações e digladiam-se por causa de suas instituições (vejam os excelentes artigos“Briga de Cachorro Grande” e “Briga de Cachorro Grande – 2º. round” de William Mazza que abordam muito bem o ocorrido). Não é raro encontrar crentes que acreditam haver salvação somente dentro da sua denominação, e muito mais ainda são aqueles que pregam que você têm que ser batista, presbiteriano, assembleiano, metodista, da comunidade tal, neo-pestecostal, da igreja do pastor tal e etc., e nem se quer dizem que você, na realidade, tem que ser de Jesus! Costumo dizer (e alguns ficam muito bravos comigo) que não sou batista, mas estou batista, pois um dia vou morrer e meu cartão de membro ficará apodrecendo aqui neste mundo. O que sou, e que nunca deixarei de ser é cristão, como meus irmãos que frequentam outras igrejas.
Nós não estamos entendendo a gravidade da situação. Ensoberbibos pela batalha da “igreja mais poderosa”, não percebemos o quanto esta institucionalização da Igreja de Cristo nos deixa fraco e sucinto a derrotas. Recentemente publiquei um estudo chamado “Neo-Ateísmo, os Novos Inimigos de Deus”. Neste estudo eu mostro como os novos ateus julgam ser mais fácil hoje vencer a fé. Eles afirmam que antigamente a fé das pessoas estava intimamente ligada a Deus, mas hoje enxergam que esta fé maior foi transferida para as instituições, as diversas denominações cristãs. Em termos ateístas, antes as pessoas tinham sua crença em Deus, e atualmente colocam sua crença na “crença”.  Se você analisar profundamente, eles não estão tão errados, pois Deus, no coração de quem crê, é uma figura infalível. Não podemos afirmar o mesmo das igrejas. Deus é perfeito e a igreja, como instituição gerida por homens, é falha.
Nosso grande erro é quando consideramos que a “igreja física” é a mesma coisa que a Igreja de Jesus. A questão está na não compreensão do conceito de Reino pregado por Ele. Pra falar a verdade, muitas igrejas ignoram por completo os preceitos da formação do Reino de Deus. A mensagem do Reino envolve questões muito mais elevadas. É entender que acima de instituições está o fato de termos o mesmo Salvador e Senhor. É entender, também, que no conceito bíblico igreja é a comunhão das pessoas que professam esta mesma fé e pregam a mesma mensagem de redenção. É nesta fé que Jesus prometeu edificar a Sua Igreja (Mt 16.18). O próprio Jesus mostrou esta diferenciação no seu discurso. Nos três primeiros evangelhos, Mateus, Marcos e Lucas, Jesus fala sobre o Reino de Deus e Reino dos Céus (que são a mesma coisa) perto de 100 vezes, enquanto discursa apenas duas vezes sobre a Igreja (em Mt 16.18 e 18.17).
Entendam que eu não estou pregando uma atitude ecumenista moderna, de relativização da fé. Não acredito que todas as religiões, ou mesmo igrejas evangélicas levam a Deus, mas creio que todos aqueles que professam, de coração, que Jesus é seu Senhor e Salvador, que morreu por nossos pecados e que irá voltar da Glória para nos buscar é membro incondicional do Reino de Deus, da verdadeira Igreja, e pode me chamar tranquilamente de irmão.
Creio que chegou o tempo de pararmos de procurar quem está certo ou está errado, pois enquanto discutimos, muitos estão morrendo sem ouvir o evangelho. Creio que chegou o tempo de deixar de lado nossas pequenas diferenças e ser a Igreja unida que a Bíblia diz que devemos ser.
Afaste-se de todo sentimento que possa lhe opor com seu irmão. Não acredite em pessoas que discursam em favor desta ou daquela denominação em detrimento do Reino. Pregue a Cristo e não a uma instituição.  Sigam a Jesus e a sua Igreja, nada mais. Queira fazer parte da Igreja de Jesus Cristo, muito antes que querer ser membro de uma organização humana. Eu oro por isso, para o nosso bem.
Deus o abençoe.
Por Fabio Marchiori Machado. Via BereiaBlog

domingo, 6 de fevereiro de 2011

Nos braços do Pai

       
     Em II Crônicas 26 lemos a história do Rei Uzias. Aquele citado em Isaías naquela introdução marcante: No ano em que morreu o Rei Uzias...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...