segunda-feira, 23 de maio de 2011

Calar para escutar



Nestes dias tenho relutado em escrever algo, tenho procurado me calar para escutar mais a Deus. Então fiquei incomodada em escrever justamente sobre isso... calar para escutar.

Não significa somente calar a nossa boca, mas é necessário calar este turbilhão que fica em nossa mente, calar nosso coração ansioso, calar as vozes e os ruídos que nos cercam, calar essa fome por informações, calar esta agitação destes tempos que nos faz sentir-nos culpados se não estamos fazendo alguma coisa, se não estamos ligados ou conectados...

Nunca se teve tanto acesso a informações como nosso tempo. Você é bombardeado de informações a todo segundo de twitter, facebook, blogs, sites a TVs rádios, revistas e jornais. .. Informação é o que não falta. No livro Doenças da família moderna, o escritor e pastor Pascoal Piragine Jr, ao falar da falta de comunicação na família e a Síndrome do Pensamento Acelerado (SPA), ele diz sobre o excesso de informação não organizada que nos chega de todo lado, e compartilha: “Augusto Cury (médico, psicoterapeuta e escritor) alerta para este dado impressionante: uma criança de 7 anos recebe atualmente mais informações do que um ser humano médio durante 70 anos de vida nos séculos passados. Basta dizer que, por exemplo, uma edição diária do jornal New York Times, contem mais informações do que uma pessoa comum de há 200 ou 300 anos recebia em toda a sua vida!”


O que quero compartilhar hoje é simplesmente esta sugestão: procure um tempo de silencio, o seu Jardim das Oliveiras! Procure calar-se para escutar a Deus. Gosto de pensar sobre Davi e sua experiência como pastor de ovelhas antes de ser rei (I Cronicas 17.7). Seus tempos de silencio... Sim, ser pastor de ovelhas era uma profissão bem solitária... Davi e as ovelhas... as vezes feras do campo... mas sempre um tempo de silencio que permitiu Davi construir um relacionamento com Deus a ponto de ser chamado o homem segundo o coração de Deus (Atos 13.22).



Em Cristo,


Jackeline Terra

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...